× ENTRAR CADASTRE-SE

Impacto do Coronavírus no Agronegócio

Por CBC Agronegócios

17 de Abril de 2020

 

Café, grãos, flores ornamentais, carne, leite, algodão, açúcar. Esses são apenas alguns dos inúmeros produtos do agronegócio que sofreram um duro impacto devido à pandemia do Coronavírus.

Quais as dificuldades que têm atingido o setor? Como encarar e superar os desafios advindos de algo que assola o mundo todo? Existe uma saída?

Impacto do Coronavírus no Agronegócio

Um país com dimensões continentais como o Brasil, considerado o grande produtor mundial de alimentos, também foi surpreendido pela Covid-19, trazendo consigo novos problemas a um setor já comumente desafiador: o agronegócio.

Depois de driblar tantas adversidades já normalmente enfrentadas pelo agronegócio, a exemplo das condições climáticas e pragas diversas, agricultores tentam equacionar problemas como:

  • Cancelamento de pedidos de parceiros comerciais;
  • Dificuldade no escoamento da produção;
  • Falta de dinheiro para pagar trabalhadores e empréstimos contraídos para garantir o processo produtivo;
  • Adiamento e cancelamento de festas e eventos;
  • Armazéns lotados à espera de compradores.

Certamente, tais fatores impactam a economia de um país que tanto depende do agronegócio.

Brasil: um país movido pelo agronegócio

É fato que o agronegócio sempre impulsionou a economia brasileira e, devido aos bons resultados dos últimos tempos, o próprio IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) estimava um crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de 2,3% em 2020.

O setor tem respondido por cerca de 24% do PIB brasileiro, mas há prejuízos sendo contabilizados pelos produtores rurais que, por sua vez, estão à espera de soluções viáveis.

Dessa forma, o governo brasileiro vê-se compelido a combater uma doença que continua avançando e, ao mesmo tempo, garantir que a população não sofra com o desabastecimento pela falta de distribuição e comercialização dos produtos rurais.

Se de um lado vemos um incremento momentâneo nas vendas, devido à corrida aos supermercados para garantir estoques particulares, também testemunhamos agricultores doando sua produção ou mesmo utilizando-a como adubo. Como equacionar o problema?

Perspectivas Reais

É bem verdade que o panorama sofreu uma alteração repentina, forçando a busca por alternativas para superar essa crise momentânea:

  • Revisão de Medidas – restrições de circulação em rodovias, o que impede o escoamento da produção, estão sendo revistas, bem como entradas e saídas dos produtos do país;
  • Linhas de crédito – o Banco do Brasil anunciou que está destinando 100 bilhões de reais para empréstimos, dos quais 25 bilhões são especificamente para o agronegócio;
  • Delivery – pequenos produtores têm se beneficiado das redes sociais para divulgar seus produtos e oferecer o serviço de entrega de vegetais, frutas e hortaliças na casa dos consumidores;
  • Tecnologia – o uso de plataformas de negociação dá maior agilidade e transparência aos processos de comercialização.

Uma outra solução que não se pode descartar é a imensa janela de oportunidades de exportação que se abre em meio a essa pandemia.

O Brasil sempre foi tido como grande celeiro do mundo e, mesmo diante desse quadro aparentemente desfavorável, alguns produtores têm conseguido obter bons lucros exportando sua produção a um mundo faminto.

Assim, vale a pena trocar nossas lentes para ver o que, de fato, está diante de nós, tendo a ousadia e a coragem para implementar mudanças necessárias, com o intuito de fazer com que o agronegócio continue a ser um bom negócio. Conte conosco!

Através da CBC Agronegócios você pode se conectar com milhares de empresas para comprar ou vender seus insumos agrícolas. Basta se cadastrar, colocar sua oferta ou negociar com outras partes. Clique aqui para se cadastrar

Já é cadastrado, crie seu hábito produtivo. Insira indicações e acompanhe mercado.